quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Ano novo, Vida nova.


Apesar de bem clichê, essa frase faz bastante sentido.
Agora com mais calma volto para escrever sobre minhas mudanças e meus planos futuros.

Depois de dois anos vivendo de mochila e passagens rodoviárias, mudei outra vez.
Foram cinco anos para entrar na faculdade que eu queria, e em seguida descobrir que ainda não era isso.
Pensei. Conversei. Repensei. Calculei. Pensei outra vez. Decidi.
Saio, então, de trás do computador, de cima das folhas e dos cálculos, e me viro para trás do fogão, para cima das panelas e das facas.

A partir de agora pretendo compartilhar aqui não só receitas e vontades, mas também experiências de alguém que acabou de entrar de vez e de cabeça, na gastronomia. 

Escolha da faculdade: ok!
Foi difícil, eram muitos aspectos a serem levados em conta, reconhecimento, valor da mensalidade, foco do curso, facilidade de acesso, etc.

Prova de bolsa e matrícula: ok!
Uma sem a outra seria impossível.

Utensílios: ok!
Me senti voltando a escola por comprar uma lista de materiais. Aliás, obrigada a quem esteve comigo, foi de enorme ajuda! A lista era muito grande, e são muitas opções, e diversas lojas. Eu provavelmente ainda estaria lá, duas semanas depois.

Entrevista de estágio: ok!
Por vontade, por necessidade, por curiosidade, lá fui eu. Agora é esperar a resposta.

Enfim, foram muitas coisas em pouco tempo. Ainda falta comprar uniforme, conseguir o passe escolar, começar as aulas e arrumar, de fato, um estágio. Mas... eu chego lá!
Agora preciso parar, respirar e perceber o quanto já foi feito.

E para não ficar um texto enorme, amanhã eu volto com a receita que fiquei devendo.

Um comentário:

Marbene Araujo Bueno disse...

Olá Nathalia,

Parabéns por fazer de um desejo, seu objetivo.
Vou ficar torcendo por vc!